03/08/2021 às 15h25min - Atualizada em 03/08/2021 às 15h25min

Nave espacial da NASA levará mensagem aos alienígenas e humanos do futuro

UFO
Imagem conceitual da sonda Lucy em meio aos asteroides próximos à Júpiter.Créditos: NASA/SWRI
A nova missão interplanetária Lucy, da NASA, programada para lançamento ao espaço em outubro deste ano, levará uma “cápsula do tempo” com citações famosas de membros proeminentes da sociedade ou da história. Visto que a estação continuará percorrendo seu circuito por centenas de milhares de anos, talvez um dia ela seja encontrada por nossos descendentes distantes ou talvez até mesmo por alienígenas.

A missão da nova estação interplanetária “Lucy”, desenvolvida pela NASA como parte do programa Discovery, será o estudo remoto de vários asteroides troianos de Júpiter, que estão localizados nas proximidades dos pontos L4 e L5 de Lagrange no sistema Sol-Júpiter, e uma ressonância orbital 1:1 com o planeta. Esses objetos são encontrados em quase todos os planetas do sistema solar e podem conter partículas de nebulosa protosolar, matéria orgânica e gelo. Seu estudo ajudará a compreender os processos que ocorreram no início do sistema solar.

A carga de trabalho científica da estação é composta por duas câmeras (multiespectral e de alta resolução), além de dois espectrômetros operando nas faixas do visível e infravermelho. O lançamento da estação ao espaço está programado para outubro de 2021. Primeiro, Lucy fará duas manobras gravitacionais perto da Terra, após as quais irá para o asteroide do cinturão principal (52246) Donaldjohansson, por onde passará em 20 de abril de 2025, após o qual irá para o ponto L4 no sistema Sol-Júpiter.

Em 12 de agosto de 2027, a estação ultrapassará o (3548) Euribat, e em 15 de setembro de 2027, chegará ao (15094) Polimela. Em 18 de abril de 2028, passará pelo asteroide (11351) Leukus e, em 11 de novembro de 2028, pelo asteroide (21900) Orus. Depois disso, a missão Lucy, tendo feito outra manobra gravitacional perto da Terra, irá explorar os asteroides (617) Patroclus e Menoetius em 02 de março de 2033, localizado no ponto L5 do sistema Sol-Júpiter e formando um sistema binário. Depois de concluir todas as pesquisas planejadas, o programa científico pode ser estendido.

Ilustração do caminho orbital de Lucy. | Fonte: Southwest Research Institute

Como todas as espaçonaves recentes da NASA, Lucy também carregará uma curiosa carga bônus, desta vez na forma de uma placa. As mensagens nesta “cápsula do tempo” incluem citações famosas de membros proeminentes de nossa sociedade. Algumas das mensagens memoráveis incluem uma fala antiga de cada membro original dos Beatles, bem como palavras de Einstein, Martin Luther King Jr., Carl Sagan e outros.

A NASA espera que um dia astroarqueólogos de um futuro distante encontrem Lucy e vejam essas mensagens de nosso tempo. Afinal, quando a espaçonave completar sua missão em 2033, ela continuará a viajar livremente entre os asteroides por centenas de milhares de anos ou mais. Isso dá à humanidade tempo suficiente para se desenvolver e adquirir a capacidade de viajar entre os planetas.

Esta não é a primeira vez que uma espaçonave da NASA leva mensagens para quem possa eventualmente interceptar a nave. Casos anteriores bem conhecidos incluem as sondas Pioneer e Voyager. A diferença, entretanto, é que no passado as mensagens eram destinadas a alienígenas. Desta vez, no entanto, a NASA dedicou a placa aos futuros humanos. Esperançosamente, quem encontrar os restos de Lucy poderá realmente entender inglês, certo? Afinal, digamos que isso aconteça em 100.000 mil anos ou mais: as pessoas falarão as mesmas línguas que nós hoje ou não?
Link
Roberto de Oliveira

Roberto de Oliveira

Roberto de Oliveira - É pesquisador e entusiasta de Ufologia.

Tags »
Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp