29/06/2016 às 14h41min - Atualizada em 29/06/2016 às 14h41min

Teremos a renovação tão desejada?

Por Cláudia Dib* Estes dias eu estava conversando com uns amigos ali no centrinho de Ana Dias, falávamos da mudança do tempo de campanha eleitoral, que passou de quase 90 dias para 45 dias. E um deles respondeu prontamente: “Mas isso foi muito bom né Cláudia!” Eu entendo o meu amigo, pois a população vê esta mudança como uma coisa chata que vai durar menos tempo, menos tempo de chatice na TV, com comícios, faixas nas ruas etc. Mas, não é bem assim! Na verdade, menos tempo de campanha significa que o eleitor terá menos tempo para avaliar e escolher o seu candidato. Em 2014 a campanha eleitoral começou em 6 de julho, neste ano começa em 16 de agosto, são 40 dias a menos. Eu acredito que isto favoreça dois grupos: os “mandatários” que já ocupam cargos e, portanto, já são conhecidos do eleitor; e os políticos (ou filhos de políticos, que carregam o sobrenome como marca) que já ocuparam cargos anteriormente, e também já são de alguma forma conhecidos pelo eleitor. Resumindo se antes, para um novato ou alguém em busca de renovação, era difícil “romper a bolha”, agora torna-se missão quase impossível. Lembrando da eleição presidencial, com 45 dias de campanha Marina Silva era praticamente a líder (com 34% das intenções de voto, contra 35% de Dilma Rousseff, com Aécio Neves em um distante terceiro lugar, com 14%). No fim, Marina Silva nem foi ao segundo turno. Mais tempo dá a oportunidade aos eleitores de conhecerem melhor os candidatos e, em alguns casos, até mudarem de ideia. Mas, com uma campanha mais curta, os candidatos podem simplesmente não ter tempo para visitar todos os bairros que visitavam antes, perdendo a chance de conhecer novos eleitores. Em tempo em que toda a sociedade clama por renovação na política, é uma ironia o Congresso Nacional aprovar tal mudança, o que dificulta ainda mais a renovação desejada. *Cláudia Dib Diretora do jornal a VOZ do Litoral Sul Presidente do PSDC - Itariri.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp