22/07/2021 às 10h38min - Atualizada em 22/07/2021 às 12h20min

Audiência de plataformas de streaming aumenta durante a pandemia

Com aumento da procura por entretenimento, artistas brasileiros buscam novas oportunidades de carreira

DINO
https://www.instagram.com/olivisassessoria/


De acordo com documento assinado por 63 entidades do audiovisual brasileiro em agosto de 2019, divulgado durante a 47ª edição do Festival de Cinema de Gramado/RS, o setor movimenta mais de 25 bilhões de reais por ano, o que representa 0,46% do PIB (Produto Interno Bruto) do Brasil. Em tempos de grande transformação digital, o setor audiovisual se tornou uma das principais ferramentas para a comunicação eficaz de pessoas e organizações, já que está diretamente ligado ao modo em como a sociedade cria e consome conteúdo.

Em 2020, durante o isolamento social em decorrência da pandemia, os vídeos podem ter se tornado tanto escapatória de entretenimento, quanto uma forma de interlocução e conexão entre empresas e seus colaboradores e método de educação.

De acordo com uma pesquisa realizada pela Kantar IBOPE Media, 98% dos usuários de internet consomem algum tipo de conteúdo via streaming de áudio ou vídeo e 73% afirmam que o consumo de streaming de vídeo (pago ou gratuito) aumentou após o início da atual crise. Por isso, uma série de tendências surgiu neste período e pode se fortalecer ainda mais em 2021.

Para Noelle Nogueira, atriz e modelo brasileira, o setor de entretenimento tem crescido cada vez mais depois da pandemia. “As pessoas têm passado mais tempo em casa, o que foi um facilitador para a ampliação da programação de plataformas de streaming”, comenta.

Oportunidades para artistas brasileiros no streaming

Dados divulgados pela Netflix e publicados pelo portal Meio&Mensagem mostram que a plataforma atingiu 200 milhões de assinantes no mundo, sendo que 60% deles estão fora da América do Norte.

Somente no Brasil, até junho de 2020, o streaming contava com 17 milhões de assinaturas. Segundo dados da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), nesse período o Brasil tinha 15,2 milhões de assinantes de televisão a cabo.

Com essa movimentação, artistas brasileiros têm buscado oportunidades fora da televisão brasileira como é o caso de Wagner Moura, protagonista de Narcos, série de alcance mundial, e Bruno Gagliasso, que atualmente está na Espanha desenvolvendo uma série para a plataforma de streaming Netflix.

Segundo Noelle, os artistas brasileiros estão sendo beneficiados com essa mudança de comportamento do consumidor. “O número de acessos podem contribuir para a quantidade de produções que a plataforma terá que desenvolver. Esse é um ciclo comum que tem contribuído para a contratação de novos artistas, gerando oportunidades para atores brasileiros”, finaliza.



Website: https://www.instagram.com/olivisassessoria/
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp