29/07/2021 às 18h07min - Atualizada em 30/07/2021 às 00h00min

Correios adota a tecnologia RFID com Padrão GS1 para rastrear cargas e malotes

SALA DA NOTÍCIA Bruna Camilo

Correios anunciou a adoção da tecnologia de radiofrequência (RFID, na sigla em inglês de Radio Frequency IDentification) e a disponibilidade do serviço mais ágil na pré-postagem por meio de integração webservices aos clientes. A Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil é a parceira da empresa Correios na implantação de RFID para o rastreamento de objetos do fluxo postal, uma vez que a tecnologia utilizada tem como base o padrão global EPC/RFID.

A GS1 promove a identificação dos objetos postados com dois de seus principais Padrões, o SGTIN (Número Global de Item Comercial Serializado) e o SSCC (Código de Série de Unidade Logística). A identificação é feita por meio de etiquetas inteligentes com tecnologia de radiofrequência (também chamadas tags RFID) com leitura automática, o que permite identificar, rastrear e gerenciar os itens de forma individual ou em lotes, diminuindo a interação manual de cargas.

No link https://www.correios.com.br/rfid/arquivos-rfid/cartilha-comercial-rfid-nos-correios.pdf, Correios apresenta uma Cartilha Comercial com todas as informações sobre o uso e aplicação da tecnologia no rastreamento das encomendas. A empresa também colocou no ar a hotpage do RFID. Nela, os clientes podem obter mais informações sobre os critérios de acesso à solução e seus benefícios.

Segundo a Correios, associada aos serviços de encomenda, essa inovação pretende melhorar a experiência do cliente. Nesse momento, aqueles que aderirem ao uso do RFID farão jus à redução de 50% do porcentual de ad valorem, passando de 1% para 0,5% nas encomendas com declaração de valor, mediante a contrapartida de atender aos requisitos definidos. A Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil e a Correios já mantêm relacionamento há mais de dez anos.

O que é RFID?

RFID se refere à Identificação por radiofrequência, uma técnica onde ondas de rádio emitidas pelos leitores RFID, através de antenas, atingem etiquetas inteligentes, as TAGs, que por sua vez respondem informando um número único. Esse número é denominado EPC – Código Eletrônico do Produto, padronizado pela GS1. Algo similar à leitura de um código de barras, mas sem a necessidade de um campo visual direto com o produto. É um processo muito mais rápido e que pode identificar nos sistemas automatizados grandes volumes de uma única vez.

Sobre a Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil

A Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil, é uma organização multissetorial sem fins lucrativos que representa nacionalmente a GS1 Global. A entidade conta com cerca de 58 mil associados que representam 31% do PIB nacional e 18% dos empregos formais. Em todo o mundo, a GS1 é responsável pelo padrão global de identificação de produtos e serviços (Código de Barras e EPC/RFID) e comunicação (EDI e GDSN) na cadeia de suprimentos. Além de estabelecer padrões de identificação de produtos e comunicação, a associação oferece serviços e soluções para as áreas de varejo, saúde, transporte e logística. Mais informações em www.gs1br.org.

Informações para imprensa
DFreire Comunicação e Negócios
(11) 5105-7171

São Paulo:
Marcelo Danil – marcelodanil@dfreire.com.br / (13) 99741-8833
Debora Freire – debora@dfreire.com.br

Porto Alegre:
Cristine Pires - cristineapires@gmail.com / (51) 99315-9381

Rio de Janeiro:
Fabiola França – fabiola@dfreire.com.br / (21) 99899-1400


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp