12/08/2017 às 10h07min - Atualizada em 12/08/2017 às 10h07min

Do Federal ao Municipal, tudo igual, Nicolau...

Um conhecido ponta esquerda da política Regional mostrou-se extremamente indignado com a atitude do presidente Michel Temer, que teria negociado apoios na Câmara Federal para escapar de ação judicial no Superior Tribunal Federal. Ele se referiu à recusa pelos deputados do pedido de autorização para abertura de processo penal contra Temer feito pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, com base na delação premiada do milionário empresário, às custas do dinheiro público, Joesley Batista. Não quero defender a ninguém, e muito menos justificar qualquer tipo de imoralidade que tenha sido cometida, mas o amigo salvacionista deve saber muito bem que neste sistema cleptocrático tupiniquim instalado após a saída dos militares do poder, o vale tudo é escancarado no jogo pela sobrevivência política, e os apoios mercenários são claramente negociados em troca de favores pessoais inconfessáveis, verbas, cargos, e até mesmo perdão de dívidas. Não entendi o porquê de tanta indignação do admirador dos Castro e de Maduro, quando sabemos que Dilma e Lula agiram exatamente igual junto a deputados e senadores, quando da tentativa de livrar a ex-presidente do vergonhoso impeachment. Apesar do esforço todo, não conseguiram o intento principal, porém, na base do “é dando que se recebe”, a dupla pelo menos garantiu que a consequente inelegibilidade da “guerreira” fosse barrada no senado. E, trazendo o assunto mais para perto, nas barrancas das terras de Abarebebê parece que a coisa também não é muito diferente. Ao pé do ouvido, alguns confessam que certos prefeitos quando precisaram aprovar suas contas da prefeitura, que nem sempre estão muito corretas, escapar de inquéritos no Legislativo e/ou sair pela tangente de uma cassação do mandato pela Câmara, distribuíram polpudas gentilezas a seus opositores políticos, em encontros e jantares quase à luz de velas. * Tuca Fumagalli é Jornalista, Radialista Locutor, Apresentador e Presidente da API (Associação Peruibense de Imprensa) Contato: tucafumagalli@yahoo.com.br
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp