04/10/2021 às 10h44min - Atualizada em 04/10/2021 às 11h20min

Guia de cactos: os cuidados que a planta precisa

O cacto é uma planta diversamente utilizada com fins decorativos de ambientes. Por ser uma espécie peculiar, existem algumas dicas para criá-los

DINO
http://www.giulianaflores.com.br
Cactos


As plantas da família Cactaceae possuem a capacidade de se adaptar aos ambientes quentes e áridos, além de reter água no interior. Essas características, aliada à formatos peculiares, fazem dos cactos plantas ideais para jardins ou ambientes internos.

Os cactos estão sendo cada vez mais procuradas para montar um espaço mais verde dentro de casa. Isso acontece porque essa espécie é de fácil cuidado.

Para um ambiente saudável e acolhedor, as pessoas têm recorrido às plantas para incrementar na decoração e visual. Além disso, segundo a pesquisa publicada no ScienceDirect, "Jardinagem é benéfica para saúde", a atividade tem propriedades terapêuticas que contribuem para reduzir sintomas ligados à depressão.

Se a pessoa pretende adotar os cactos, é importante conhecer algumas dicas para cuidar delas:

1) Preparar o vaso

É preferível um recipiente de cerâmica e que tenha drenagem para não afogar a planta.  Outro ponto é colocar cascalhos ou areia na terra. Caso o objetivo sejam cactos maiores, é preciso um vaso maior. Não utilizar pedrinhas de mármore, pois elas podem ser tóxicas. A ideia é optar por materiais orgânicos.

2) Conseguir a espécie de cacto preferida

Existem mais de 2000 espécies catalogadas, uma deve se adequar às necessidades da pessoa.

3) Adubar e plantar

O indicado é adotar adubo de nitrogênio e fósforo. Durante o plantio, é recomendado o uso de luvas para não machucar as mãos. Após isso, é preciso mais uma camada de cascalhos ou areia próxima ao cacto. No processo de criação, é importante adubar com frequência.

4) Ambiente ideal

É preciso deixar o vaso exposto ao sol, pois é essencial para o crescimento da planta. Evitar lugares abafados. Caso aparente um desenvolvimento lento, pode significar que o vaso é pequeno. Desse modo, é interessante transferir para um recipiente maior.

5) Regar (ou não)

A rega deve ser feita apenas uma vez por mês. O volume adequado é até que a água saia pelos orifícios do vaso. No inverno, é interessante usar pouca água para que o cacto não fique sujeito à proliferação de fungos e bactérias. Já no verão, a ideia é usar adubo diluído em água para fertilizar a planta.

Regar uma vez por semana em dias de calor;

Em temporadas de frio, reduzir a frequência da rega para a cada 15 dias;

6) Folhas amarelas

É preciso retirar elas do cacto, pois ele não vai crescer. Além disso, a folha e pode estar sugando energia do restante da planta;

*Por Giuliana Flores, marketplace de flores e itens presenteáveis.



Website: http://www.giulianaflores.com.br
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp