04/10/2021 às 13h10min - Atualizada em 05/10/2021 às 00h01min

Etapa final da Olimpíada Nacional de Ciências 2021 acontece em outubro

Competição chega a sua última etapa, que será realizada de forma remota, no próximo dia 3 de outubro; diretora de escola particular paulistana, que levou 62 alunos para a segunda fase dá dicas para a realização da prova

DINO
https://conquistaanglo.com.br/portal/


Com o objetivo de ajudar a criar novos conhecimentos, melhorar a educação e aumentar a qualidade de vida, respondendo às necessidades da sociedade e aos desafios globais, a Olimpíada Nacional de Ciências (ONC) 2021 chega a sua segunda e última etapa no próximo dia 3 de outubro, em evento que será realizado de forma totalmente remota.

A competição faz parte do Programa Ciência na Escola e envolve estudantes do Ensino Médio e do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental. Para vencer a disputa, os alunos terão que enfrentar questões de Astronomia, Biologia, Física, História e Química - os participantes concorrem a medalhas e certificados de Menção Honrosa, que serão entregues na Solenidade de Premiação, prevista para o dia 27 de outubro.

A ONC ainda não divulgou o número total de participantes desta edição; em 2020, a  prova bateu recorde de inscrições, com 2 milhões de alunos de todo o Brasil, o que torna a disputa a maior Olimpíada do conhecimento em Ciências do país.

Escola particular paulista leva 62 alunos para a segunda fase

A competição, que desperta o interesse de adolescentes pelo estudo das Ciências Naturais, tem sua importância destacada por Adriana de Jesus, diretora e mantenedora do Colégio Conquista - escola particular da Zona Leste de São Paulo -, que levou 62 alunos para a última etapa da competição. “A Olimpíada reconhece os participantes mais habilidosos, o que impulsiona seu acesso nas áreas científicas e tecnológicas”, acrescenta. 

Segundo a Diretora Adriana, com o anúncio do resultado da primeira fase da competição, estudantes do Colégio Conquista, depois de muito comemorar, já  se preparam para a fase final. 

“Neste momento de preparação para a segunda fase, diretores, coordenadores, educadores e demais profissionais das escolas de todo o Brasil, também devem participar de forma ativa. Afinal, atividades como essas são importantes no processo de ensino-aprendizagem, o que exige o engajamento de todos”, reitera.

Orientações para escolas participantes

De acordo com a diretora do Colégio Conquista, cada unidade de ensino deve formar uma rede de apoio e orientar seus estudantes para a realização da segunda fase da competição.

“Oriente seus alunos a acessar o sistema da ONC dias antes da prova e verificar seu login e senha. Assim, o participante ganha tempo para pedir a ajuda da família, da escola, e fazer qualquer ajuste, se necessário”, explica.

Adriana reforça que, para a última fase da ONC, cada escola deve assumir seu papel e garantir o comprometimento da equipe docente e discente, que são fundamentais ao longo de todo o processo educacional. “Atividades como a Olimpíada Nacional de Ciências são essenciais não apenas para o futuro dos nossos estudantes, mas para o futuro de todo o país”, conclui.

A Olimpíada Nacional de Ciências tem entre seus realizadores a SBF (Sociedade Brasileira de Física), a ABQ (Associação Brasileira de Química), o Instituto Butantan, a SAB (Sociedade Astronômica Brasileira) e a Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), contando com a chancela do MCTI (Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação).

Para mais informações, basta acessar: https://conquistaanglo.com.br/portal/



Website: https://conquistaanglo.com.br/portal/
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp