08/10/2021 às 20h14min - Atualizada em 09/10/2021 às 00h00min

Facundo Guerra é o convidado de estreia do podcast do Manual do Homem Moderno

Comandado por Edson Castro, podcast De Homem Pra Homem estreou na última terça-feira e vai ao ar toda terça-feira ao vivo pelo YouTube.

SALA DA NOTÍCIA Estela Maria
https://www.youtube.com/c/ManualdoHomemModerno
Edson Castro e Facundo Guerra

Facundo falou de paternidade, masculinidade tóxica e negócios. “Ter diversidade é bom para os negócios. Uma mulher trans, por exemplo, numa posição de poder, filtra os fascistas e incomoda quem vai se sentir incomodado por isso”.

Estreou nesta terça, 05/10, o podcast De Homem pra Homem, comandado pelo jornalista e apresentador do Manual do Homem Moderno,  Edson Castro. Transmitido ao vivo pelo canal do YouTube, com mais de 2,5 milhões de inscritos, Facundo Guerra foi o convidado do episódio 001 e debateu por quase duas horas sobre os mais variados assuntos relacionados ao universo masculino, como paternidade, masculinidade tóxica e negócios.

Produzido pela Pod360, maior hub brasileiro dedicado exclusivamente à produção e gestão de podcasts profissionais, o podcast De Homem pra Homem busca explorar a fundo os mais diversos aspectos relacionados ao universo que compõem o homem contemporâneo. “A ideia é conversar com homens inspiradores, debater vivências, entender melhor o que é ser homem e quais formas essa palavra pode ter”, explica Edson Castro. 

Facundo Guerra, empresário reconhecido da noite paulista, professor e doutor em Ciências Políticas, falou sobre sua visão a respeito dos negócios em que está envolvido há tantos anos. “Meu empreendedorismo é de expressão, porque eu despejo quem sou nos lugares. O melhor de tudo pra mim é saber que bebês nasceram depois que os pais se conheceram na pista do Vegas, por exemplo. O lugar não importa, o que é importa é do que as pessoas se lembram quando pensam nos lugares. Elas voltam para fases da vida, acessando memórias sobre outras versões delas mesmas”, pontua Facundo. 

Ainda dentro da temática dos empreendimentos, o convidado foi categórico quanto à sua política de inclusão e diversidade. “Ter diversidade é bom para os negócios. Uma mulher trans, por exemplo, numa posição de poder, ‘filtra’ os fascistas e incomoda quem vai se sentir incomodado por isso. Os empresários precisam entender que diversidade importa de forma financeira. Hoje, todas as pessoas com quem eu trabalho são parte de minorias e eu pude criar uma cultura empresarial na qual não me importo com a vida pessoal das pessoas. Quero que meus funcionários saiam e empreendam”, completa. 

Facundo também explicou seu ponto de vista a respeito da paternidade e aproveitou para compartilhar sua experiência. “É muito triste o estado da paternidade no Brasil. É um evento facultativo para o homem, pois os homens podem abandonar os filhos, tanto que muitas pessoas não têm registro de pai na certidão. Nos 3 primeiros meses da minha filha, entrei em depressão, porque minha identidade se tornou mais complexa. A primeira coisa que precisei fazer foi questionar o que é ser homem para poder criar minha filha. As nossas relações com outros homens são sempre conflituosas, porque o que caracteriza nossa identidade como homem é quase uma guerra contra as mulheres”, pondera. 

Ao ser questionado sobre o julgamento das outras pessoas, Facundo trouxe o tema da masculinidade tóxica e da falta de apoio entre os homens para o debate novamente. “Já estou velho o suficiente para saber que não posso mudar o que os outros pensam de mim. Não me acho interessante o suficiente para receber atenção de ninguém e sei que os julgamentos são rasos. Me sinto maduro para poder falar alguma coisa que ajude pessoas mais novas, porque já estou na meia idade, mas o importante é a gente se apoiar, porque um homem não tem muita rede de apoio para falar sobre emoções e masculinidade”, finaliza.

O primeiro episódio teve duração de aproximadamente duas horas e explorou ainda outras temáticas, como o livro de Facundo, sua carreira como professor, a revitalização de espaços públicos e boates que ele possui, questões pessoais envolvendo finanças, brigas em baladas, posicionamentos políticos e ideológicos e muito mais. 

De Homem Pra Homem Podcast

Toda terça-feira, às 18h, ao vivo no YouTube

https://www.youtube.com/c/ManualdoHomemModerno

Disponível em todas as plataformas de streaming de podcasts


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp