09/11/2021 às 21h11min - Atualizada em 10/11/2021 às 00h00min

Dormência nos membros pode ser um sinal de alerta

Especialista afirma que sensação de formigamento pode ser indício de problemas mais sérios

SALA DA NOTÍCIA Jana Fogaça
www.vempradescomplica.com.br
Divulgação
Alguma vez na vida, todo mundo já teve a sensação de dormência nos braços ou nas pernas depois de um longo período na mesma posição. De acordo com médico ortopedista Renato Raad, este sintoma chama-se parestesia, e é caracterizado pela sensação de dormência ou formigamento de alguma parte do corpo, e pode acometer os membros como braços, pernas, pés e mãos.
“Geralmente, a parestesia acontece por falta de circulação na inervação dos nervos das extremidades. Se eventualmente a pessoa adotou uma postura inadequada ao sentar-se, por exemplo, comprimindo a perna, e não percebe isso, ao levantar-se, a perna vai falhar e há possibilidade de queda”, afirma o especialista.
Quando a compressão vem de uma postura inadequada, a dormência é um sinal de alerta enviado pelo cérebro, sinalizando que algo está errado.
“Se a pessoa tem o costume de ficar muito tempo sentada ou deitada, é fundamental que encontre posições confortáveis, fazendo o uso de almofadas ou acolchoados, protegendo as extremidades, além de evitar ficar muito tempo na mesma posição. Ao se levantar, é importante que não faça isso rapidamente, pois no caso da dormência da perna, por exemplo, isso pode levar a uma queda que provoque fraturas que necessitem de tratamento cirúrgico”, alerta o Dr. Raad.

Sinal de alerta
O tratamento para evitar as dormências é simples e consiste em adotar posturas corretas. “Normalmente, a circulação da inervação dos membros volta ao normal quando adquirimos uma postura adequada, porém, se o sintoma persistir, é aconselhável que um médico seja consultado, pois essa dormência pode ser sinal de um problema mais grave. Podemos estar diante de uma patologia crônica”, enfatiza o médico
Em algumas ocasiões, as compressões são causadas por lesões crônicas, como por exemplo, o diabetes. “O diabetes provoca uma insuficiência vascular crônica nos membros inferiores, causando deficiência na irrigação destes nervos, o que gera um sintoma de parestesia contínuo, por isso, é importante ficar atento à frequência da dormência, principalmente nas pernas e nos pés”, destaca o Dr. Raad.
Outra situação que merece atenção são as hérnias de disco na coluna cervical ou na coluna lombar. “As hérnias comprometem os nervos dos membros superiores e/ou inferiores, levando a situações de dormência, formigamentos e parestesia contínuas, provocando uma insuficiência vascular crônica ou uma compressão do nervo ao nível da coluna”, conclui o especialista.

Sobre Renato Raad
Médico ortopedista, traumatologista, formado em medicina pela Universidade Federal do Paraná, com especialização em ortopedia e traumatologia (SBOT). Atualmente é Chefe do Departamento de Ortopedia do Hospital Nossa Senhora das Graças, em Curitiba (PR) e Membro da Equipe de Ortopedia e Traumatologia e Chefe do Departamento de Trauma do Hospital do Trabalhador, também em Curitiba (PR).

Atendimento à imprensa – Descomplica Agência de Mídias
Janaína Fogaça - jana@agenciadescomplica.com.br
Ulisses Dalcól - ulisses@agenciadescomplica.com.br
Fone: 41 99692.4573
Facebook/Instagram: @agenciadescomplica
Website: www.vempradescomplica.com.br
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp