11/11/2021 às 18h33min - Atualizada em 11/11/2021 às 21h20min

Barco brasileiro ganha visibilidade mundial entre Cidade do Cabo e Itajaí na The Ocean Race 2022-23

O SCBrasil, único representante do País na regata, vai integrar uma rota histórica na 14ª edição do evento, que terá largada em Alicante, na Espanha

SALA DA NOTÍCIA Gustavo Coelho
O barco brasileiro SCBrasil Team pode ser o grande protagonista de uma nova história de navegação da The Ocean Race. O time nacional, juntamente com flotilhas de IMOCA e VO65, com outros 24 barcos inscritos de 14 países, viverá uma incrível maratona pelos mares do Sul, de 12.750 milhas náuticas entre a Cidade do Cabo, na África do Sul, e Itajaí, no Brasil. O SCBrasil Team, da SCBrasil Esporte Náutico, está inscrito na categoria IMOCA. E o País terá, pela quarta vez, a única parada sul-americana do evento, na cidade de Itajaí, situada no norte de Santa Catarina. 

A rota da 14ª edição foi racionalizada, sendo canceladas as paradas da China e Auckland (Nova Zelândia), em resposta às realidades logísticas de uma regata ao redor do mundo em um ambiente de Covid-19. E será mais ousada e desafiadora. A largada está marcada para Alicante, na Espanha, no fim de dezembro de 2022/início de janeiro de 2023. A mais longa perna do Oceano Antártico nos 50 anos de história do evento, que remonta à primeira regata totalmente tripulada ao redor do mundo em 1973, verá o trânsito dos três grandes cabos – Cabo da Boa Esperança, Cabo Leeuwin e Cabo Horn – em sucessão, sem escala, pela primeira vez.

A partir da largada da perna de Cidade do Cabo até o Brasil, o barco SCBrasil ganha notoriedade mundial, por ser o  único representante  do País. Os empreendedores do barco brasileiro avaliam que esta mudança contribuirá para consolidar o projeto em nível de mercado interno e externo.

"Neste novo momento vivido por todos os inscritos na The Ocean Race, inquestionavelmente o foco se volta para o Brasil e para o barco brasileiro. Será uma jornada de mais de 30 dias pelo oceano, da Cidade do Cabo até a parada sul-americana da regata volta ao mundo, em Santa Catarina. É um trajeto de forte impacto comercial, aliado à visibilidade mundial para o SCBrasil  e os investidores do projeto nacional. Com a mudança da rota, o barco brasileiro será a grande vitrine para o comercial nacional e internacional", avalia Jaqueline Gazaniga, da SCBrasil Esporte Náutico.

Uma opinião compartilhada por Adilson Pacheco, diretor executivo da SCBrasil Esporte Náutico. "É um momento único para um projeto náutico nacional. Veja que se prevê uma visibilidade mundial que ultrapassa a casa dos 2 bilhões de pessoas que estarão acompanhando a rota em direção ao continente americano”, afirma.

Projeto SCBrasil apresentado para empresários - O Projeto Comercial do barco brasileiro na The Ocean Race foi apresentado em um workshop náutico, realizado no Iate Clube da Cabeçudas, em Itajaí, com a presença de 30 empresários, de Itajaí, Balneário Camboriú e Brusque, que conheceram com mais detalhes o projeto brasileiro. A meta é fomentar e atrair investidores para o único barco nacional inscrito na The Ocean Race.

Um barco com tripulação brasileira num evento mundial busca atrair a atenção da mídia, fãs e seguidores. Visa criar atenção para as marcas dos patrocinadores e geração de negócios. Estimular torcida em torno de heróis que irão participar da regata mais rigorosa e temida do mundo.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp