16/11/2021 às 16h42min - Atualizada em 17/11/2021 às 00h00min

Os preparativos para garantir uma viagem tranquila com os pets nas férias

O final do ano é escolhido por muitas pessoas para o descanso de férias e, no caso dos tutores de pet, alguns cuidados são importantes para estes momentos.

DINO
https://www.hillspet.com.br/


É comum as pessoas aproveitarem o final do ano para tirar férias e, nesses casos, é preciso tomar uma série de cuidados para fazer viagens com os pets. Alguns preparativos são interessantes para garantir tanto o bem-estar dos animais quanto um período sem preocupações para os tutores. 

Henrique Tobaro Macedo, médico veterinário e consultor de Assuntos Veterinários da Hill's Pet Nutrition, alerta para um dos pontos de maior atenção e que precisa ser verificado, pelo menos, alguns meses antes da viagem: a vacinação. “É fundamental manter a vacinação do pet em dia e, se o tutor estiver planejando levar o animal em uma viagem, esse cuidado é ainda mais importante. Além de visitar um veterinário, vale dar uma olhada para ver se é necessária alguma vacina específica para a região de destino. É preciso checar também essas regras com as empresas rodoviárias e aéreas para garantir um embarque seguro”. 

Mais segurança com uma caixa de transporte adequada

Outro cuidado é com relação a maneira como o pet é transportado. Muitos tutores acreditam que basta colocar o animal dentro do meio de transporte, sem necessidade de um cuidado especial. Apesar de apenas as companhias rodoviárias e aéreas exigirem uma caixa de transporte para cães e gatos, é importante ter, também, para as viagens de carro. “A caixa garante mais segurança para o animal no caso de qualquer balanço em, muitas vezes, também deixa o cão ou gato mais à vontade”, explica Henrique Macedo. 

Uma dica importante é fazer com que o animal se sinta familiarizado com a caixa de transporte semanas antes da viagem em si. Colocar brinquedos dentro da caixa e acostumar o pet dentro desse ambiente fará com que ele tenha um percurso de viagem muito mais tranquilo. 

Para viagens na estrada, paradas programadas são necessárias

Além da caixa de transporte, é preciso garantir algumas paradas estratégicas no caminho. Se a opção escolhida for uma viagem em carro próprio, é importante que o tutor avalie em quais trechos da estrada ele poderá parar para o pet poder fazer suas necessidades (urinar e defecar) e tomar uma água. 

No caso de viagens de ônibus, é preciso conferir o tempo do trajeto, pois é aconselhável verificar se serão feitas paradas no caminho. 

Alimentação também é um preparo para viagem com pets

Um ponto que os tutores acabam esquecendo quando programam viagens é sobre a alimentação. O recomendado, de maneira geral, é parar de alimentar o pet até 3 horas antes do início da viagem, tanto para evitar enjoos, como para diminuir a possibilidade de que o animal queira defecar muitas vezes ao longo da viagem. 

Identificação

Por último, é importante garantir que o pet está devidamente identificado - com nome e telefone de contato na coleira, por exemplo. Esse já é um requisito para o dia a dia, mas, em momentos de viagens é ainda mais necessário. 



Website: https://www.hillspet.com.br/
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp