03/12/2021 às 13h45min - Atualizada em 05/12/2021 às 00h00min

Estratégias de comunicação conquistam o terceiro setor

Se as estratégias tradicionais, como o telemarketing, dominavam as estratégias comunicacionais usadas para prospectar e comunicar as necessidades das entidades, hoje em dia, outras formas de obter estes resultados ganham destaque. Este conteúdo aborda as estratégias de comunicação in voga no segmento do terceiro setor.

DINO
https://hyb.com.br/


Antes de abordar as estratégias de comunicação que estão surgindo no terceiro setor, é importante conceituar o que é este segmento. Segundo Diego Ribas, CEO do HYB, "o terceiro setor é um termo sociológico de designação para as organizações e entidades que não possuem fins lucrativos. Logicamente a sociedade civil possui outros dois setores, o primeiro setor, que compreende as instituições do governo e seus poderes e o segundo setor que trata das empresas privadas".

Entendido o contexto, é essencial ressaltar que por anos este segmento utilizou estratégias tradicionais de marketing, também conhecidas como estratégias de outbound — que consistem em identificar potenciais clientes e abordá-los de maneira mais centrada. A ideia é ir atrás do possível cliente de forma ativa; não sendo necessário despertar um interesse inicial genuíno na marca. Dentre suas ferramentas, está o telemarketing. Que tornou-se bastante conhecido com as suas aplicações em propagandas na TV, revistas, jornais, rádio, mala-direta e outros, ou seja, nos meios de publicidade tradicionais.

No meio digital o outbound marketing também se faz presente. Um dos principais pontos a se levar em consideração ao cogitar o uso desta estratégia, assim como o inbound marketing (o qual será abordado mais adiante) é com relação aos investimentos feitos. Isso porque, as mídias na metodologia de outbound marketing são bem mais caras. 

Além disso, em caso de necessidade de redução nos custos com outbound e ter que tirar essa estratégia do planejamento, a entidade pode simplesmente sumir da mídia, já que seu foco não consiste em fixar o conceito da marca na mente do público, e sim, numa abordagem concentrada de determinado possível contribuidor. 

Exemplos de outbound marketing para ONGs:

Embora utilizada em empresas tradicionais, a estratégia de outbound também tem sua aplicação em grandes Organizações Não Beneficentes. Um dos exemplos práticos de outbound marketing seria a produção e o desenvolvimento de mídia paga direcionada a possíveis investidores e demais pessoas que queiram apoiar uma causa. Para isso, é possível optar por utilizar essa metodologia. Inclusive, essas ações não, necessariamente, irão atingir o público interessado. Por exemplo, em uma ligação de telemarketing, muitas vezes, o cliente pode nunca ter ouvido falar da ONG que está ligando para ele. Fazendo com que, incialmente, a entidade não obtenha uma conversão no primeiro momento.

O terceiro setor encontra novas estratégias de comunicação:

Embora as estratégias de outbound sejam consolidadas no terceiro setor, é possível ver a aplicação do inbound marketing e seus resultados para as entidades. Apesar de apresentar um enorme potencial de impacto, as estratégias de inbound marketing são recentes entre as organizações do terceiro setor. Diversas empresas têm apostado na produção de conteúdo e no inbound marketing de forma adequada e, assim, estando conseguindo obter sucesso. Afinal, o inbound marketing não serve apenas para empresas que atuam somente na área de tecnologia.

Em suma, o inbound tem um foco principal no aumento da produtividade e na eficiência do time, porém a longo prazo. Com a intenção de fidelizar os investidores, por exemplo, no online — e o offline, estando presente como um complemento. Inclusive, no inbound o lead irá saber o motivo de uma determinada ligação e como seu número foi disponibilizado e, desse modo, estará mais suscetível a iniciar uma conversa. A estratégia pode ser aplicada de forma mais adequada para instituições que tenham um nicho e público-alvo definido. O Diego Ribas, CEO do Software HYB e especialista em tecnologia de gestão para entidades, acredita que "o telemarketing saiu de cena. Por isso, apostar em estratégias mais modernas é muito importante para uma entidade. Reconhecer a existência de diversas ações e campanhas ajudam no investimento, que vai muito além da eficiência do telemarketing".

Atentar à gestão financeira é uma das formas de organizar os lucros e investimentos de uma entidade, e com isso, gerar capital para aplicar em estratégias de comunicação sem prejudicar outras áreas da organização. É possível até mesmo encontrar na internet modelos estruturais que auxiliem na gestão financeira. 



Website: https://hyb.com.br/
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp