06/12/2021 às 17h31min - Atualizada em 07/12/2021 às 00h00min

Matrículas em pós-graduação crescem 9,5% na rede privada de 2019 para 2020

Alunos que cursam uma especialização em nível superior possuem um rendimento médio ao mês de R$ 4,6 mil, valor 150% acima da média dos alunos dos cursos de graduação

DINO
https://www.estudesemfronteiras.com/novo/


Segundo informações da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD), analisadas pelo Instituto Semesp, instituição representativa de mantenedoras do ensino superior, os cursos de especialização (pós-graduação latu sensu) avançaram 9,5% do segundo trimestre de 2019 para o mesmo período do ano passado, ou seja, 1,2 milhão de alunos para 1,3 milhão.

Os cursos de pós-graduação tiveram o incentivo de mais disponibilidade de cursos on-line à distância com aulas ao vivo (síncronas). O modelo de estudo à distância pode oferecer mais autonomia aos estudantes que não possuem muito tempo disponível para se dedicar aos estudos, por isso vem atraindo mais pessoas.

Modelo presencial cai

Análise realizada pelo Semesp mostra que as matrículas em cursos de graduação em modelo presencial tiveram uma queda de 20% no segundo semestre de 2020 em comparação com o mesmo período do ano anterior. A estimativa é que, durante o ano, o retrocesso tenha sido de 10%. Nos cursos à distância, por sua vez, a porcentagem foi de 9%.

De acordo com o diretor-executivo do Semesp, Rodrigo Capelato, o crescimento da pós-graduação se dá por conta do modelo remoto obrigatório instaurado na pandemia da Covid-19. Esse modelo de pós-graduação, diferente do já conhecido ensino à distância (EAD), traz a possibilidade do aluno ter aulas ao vivo com momentos de interação, e não só conteúdos assíncronos. Os encontros são feitos em plataformas de reunião on-line, em horários parecidos com os da faculdade.

"O estudante de pós-graduação quer fazer networking, conhecer outros colegas, estabelecer relacionamento com professores do mercado. Isso não tinha tanto apelo no formato assíncrono [de aulas gravadas e atividades que o aluno pode fazer em qualquer horário]", aponta Capelato. O executivo ainda mostra que a comodidade de estar em casa e a crise econômica são pontos favoráveis para que as pessoas busquem se qualificar.

Crescimento da pós-graduação em quatro anos

Segundo informações da pesquisa "Cursos de especialização lato sensu no brasil", realizada pelo Instituto Semesp em 2019, a pós-graduação avançou 74% nos últimos quatro anos no território nacional. O estudo aponta que a quantidade de pessoas em cursos de especialização de nível superior cresce desde 2016. 88% dessas pessoas estão matriculadas em instituições privadas.

Segundo a análise, considerando apenas pessoas com 24 anos ou mais, estima-se que 5,7 milhões tenham finalizado algum curso de especialização em nível superior. O número está três vezes abaixo em relação aos que terminaram uma graduação (cerca de 19 milhões). Além disso, de acordo com os dados do Semesp, os alunos que estão nesses cursos possuem um rendimento médio ao mês de R$ 4,6 mil - valor 150% acima da média dos alunos dos cursos de graduação. Em alunos da rede privada, o rendimento médio é de R$ 4,8 mil ao mês. Para os alunos da rede pública, R$ 3,7 mil.



Website: https://www.estudesemfronteiras.com/novo/
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp