04/01/2022 às 15h33min - Atualizada em 05/01/2022 às 00h00min

Reabertura das fronteiras atrai brasileiros para a Argentina

Governo argentino reduz exigências para entrar no país; para empresário de atividades turísticas, o sul da Argentina tem sido um dos destinos preferidos dos brasileiros

DINO
https://www.brasileirosemushuaia.com.br/


Após o início da reabertura das fronteiras do Brasil com a Argentina, em setembro, o país vizinho reduziu as exigências para receber turistas brasileiros em novembro. Agora, para entrar na Argentina, os brasileiros com a vacinação contra Covid-19 completa precisam apenas apresentar teste PCR negativo realizado até 72 horas antes do embarque. Além disso, também é necessário que haja um seguro viagem com cobertura para Covid-19.

Como parte dos esforços do governo argentino para facilitar a entrada de turistas brasileiros, também foi suspensa a necessidade de quarentena para menores de 18 anos e retirada a regra que determinava que o exame que detecta a Covid-19 fosse repetido entre 5 e 7 dias após a chegada ao país.

Para Peter Marks, diretor de tecnologia da Brasileiros em Ushuaia, empresa que atua com atividades turísticas na Patagônia, as recentes atualizações estão em sintonia com o anseio dos brasileiros para visitar o país dos “hermanos”.

“Historicamente, cerca de 1,5 milhão de brasileiros visitavam a Argentina anualmente, até que veio a pandemia. Agora, vivemos um momento de retomada: segundo um balanço feito com base em pesquisas de usuários do KAYAK, por exemplo, Buenos Aires foi o segundo destino turístico mais buscado entre os dias 1º de outubro e 22 de novembro, período em que as fronteiras foram reabertas”, afirma.

Ainda segundo Peter Marks, antes mesmo da reabertura das fronteiras, em outubro, já havia dobrado a procura por roteiros turísticos na Argentina por parte dos brasileiros. “Em novembro, esse número triplicou e, pelas projeções, até fevereiro a demanda deve voltar ao que era antes da pandemia”, estima.

Para o empresário, o fenômeno pode ser explicado, pelo fato de o peso argentino estar desvalorizado em relação à moeda brasileira: hoje, um peso argentino equivale a cerca de cinco centavos de real.

Brasileiros movimentam o turismo no sul da Argentina 

O especialista afirma que, além do tradicional turismo a Buenos Aires, a Argentina oferece diversas opções atrativas, sendo que o sul do país tem se tornado uma das opções mais procuradas. 

“A Patagônia, que tem milhares de quilômetros de extensão, oferece paisagens incríveis e é comparada, muitas vezes, a cenários do Canadá e da Suíça por suas rochosas com lagos cristalinos e matas que parecem terem sido feitas a mão”, diz.

Peter explica que o sul da Argentina tem se tornado cada vez mais procurado, mas ainda é pouco explorado se comparado a outros locais. “A região oferece excelente qualidade de neve que, além da prática de esportes e passeios de inverno, torna ainda mais especial a vista das montanhas que cercam a cidade”, afirma. 

“Uma característica interessante é que o inverno em Ushuaia - apesar de ser coberto com muita neve - não é tão rigoroso, ficando em média de -4 a 0 graus Celsius. Enquanto isso, em lugares como Canadá e Suíça as mínimas podem chegar a -30 graus Celsius, o que pode ser extremo para os brasileiros acostumados com o clima tropical”.

Para mais informações, basta acessar: https://www.brasileirosemushuaia.com.br/



Website: https://www.brasileirosemushuaia.com.br/
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp