12/01/2022 às 18h59min - Atualizada em 13/01/2022 às 00h00min

Um tesouro e forma de biscoito

Parte do patrimônio cultural e imaterial de Sergipe, os Bricelets são tema de novo vídeo da Mostra Virtual São Cristóvão, do Bossa Criativa. Projeto é parceria da Funarte com a UFRJ. Confira no canal Arte de Toda Gente, no Youtube, e no site do projeto.

SALA DA NOTÍCIA Programa Arte de Toda Gente - Funarte
www.bossacriativa.art.br
Dona Vera Gomes e seus Bricelets – Fotos de Daniela Santos

Receita que tem séculos de história, o Bricelet, um biscoito fino típico de São Cristóvão, SE, foi recentemente reconhecido oficialmente como Patrimônio Cultural e Imaterial do Estado de Sergipe. Essa “relíquia gastronômica” é tema de um novo vídeo da Mostra Virtual São Cristóvão, produzida pelo projeto Bossa Criativa e que conta com apresentações e depoimentos sobre história, patrimônio arquitetônico e as variadas manifestações culturais da cidade sergipana, que acaba de completar 432 anos em 1º de janeiro de 2022. O projeto é parte do programa Arte de Toda Gente, uma parceria da Fundação Nacional de Artes – Funarte com a Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ, com curadoria de sua Escola de Música.

Confira os demais vídeos da Mostra Virtual São Cristóvão aqui no site e no canal Arte de Toda Gente no Youtube (https://www.youtube.com/artedetodagente).

Um pouco da história

Fundada no início do século XVII em São Cristóvão, a Santa Casa de Misericórdia entrou em decadência no século XIX, sendo ocupada pelo Lar Imaculada Conceição a partir de 1911 e prestando relevantes serviços à comunidade carente da cidade. A venda de biscoitos finos produzidos ali, com massa bem leve e sabor de laranja, conhecidos como Bricelets, ajudaram a manter a ordem religiosa. A iguaria se consolidou como um elemento representativo da cidade, a quarta mais antiga do Brasil.

De origem Suíça, o Bricelet é uma herança das freiras beneditinas que viveram em clausura durante um longo período em São Cristóvão. Com o fim das atividades do orfanato que mantido ali, a produção dos Bricelets, passou para os antigos funcionários, Dona Vera Gomes e Manoel Santos. A eles coube a responsabilidade de manter viva essa história, sendo também uma fonte de renda.

Natural de Aracaju, Sergipe, Dona Vera mora em São Cristóvão desde os oito anos e menciona o amor como ingrediente fundamental dessa receita singular, com sabor de laranja, que há décadas encanta moradores e turistas. Ela é a personagem principal do vídeo.


 

Sobre a Mostra Virtual São Cristóvão

A Mostra Virtual São Cristóvão traz em seus vídeos história, cultura, gastronomia, artesanato e fé na voz e nos trabalhos de alguns dos filhos e filhas ilustres da cidade histórica sergipana. Quem abriu a série foi Joba Ralacoxa, com seu forró, sendo seguido pelos artistas plásticos Gladston Barroso, Cauê Mathias e Mestre Nivaldo Oliveira de outros destaques locais, como os lutiers Mestre Passos e Matheus Santana,, a cordelista Dona Alda Cruz, a poetisa de Vera Lúcia e Dona Marieta da queijadinha e Vera Maria dos Bricelets, mestres na gastronomia. A série mostrará, também, criações de artesãos que produzem e expõem suas peças no Centro de Artesanato Sala dos Saberes e Fazeres, imagens que contam histórias com os fotógrafos Neto Astério e Thiago Santos e, ainda, ginga, dança e folguedos dos grupos folclóricos Caceteiras, Chegança e São Gonçalo – além de depoimentos de historiadores sobre a história e o patrimônio arquitetônico são-cristovenses.

A Mostra Virtual São Cristóvão é a primeira de uma série que contemplará nove cidades que são patrimônios culturais da humanidade reconhecidos pela Unesco no Brasil: Ouro Preto e o Conjunto da Pampulha, em Belo Horizonte (Minas Gerais); Brasília (DF); a cidade do Rio de Janeiro e Paraty (Rio de Janeiro), São Luís (Maranhão), Olinda (Pernambuco) e São Miguel das Missões (Rio Grande do Sul), além da própria São Cristóvão (Sergipe).


 


 

Sobre o Bossa Criativa

Parceria entre a Funarte e a UFRJ, com curadoria da Escola de Música da universidade, o projeto Bossa Criativa – Arte de Toda Gente foi lançado em 2020 e reúne apresentações e oficinas de diversas linguagens artísticas, integrantes de várias formas de economia criativa – entre as quais, o circo. O foco é a democratização da cultura, bem como a diversidade e a difusão de todas as artes, de modo inclusivo, com destaque para locais considerados patrimônios culturais da humanidade. A programação é composta ainda de festivais, séries, shows curtos, performances, palestras e atividades de capacitação, em vídeos, exibidos no site www.bossacriativa.art.br e em ações presenciais, com participação de artistas de todo o Brasil. A iniciativa faz parte do programa Arte de Toda Gente. Mais informações no site do projeto.

Serviço

Mostra Virtual São Cristóvão do Bossa Criativa

Quando: Vídeos já disponíveis no site do projeto www.bossacriativa.art.br e, também, no canal Arte de Toda Gente, no Youtube

Os vídeos, assim como toda a programação da mostra e do Bossa Criativa permanecerão disponíveis durante toda a duração do projeto.

Realização: Fundação Nacional de Artes – Funarte
Secretaria Especial da Cultura | Ministério do Turismo

Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Curadoria: Escola de Música da UFRJ

Atividades, ações e mais informações disponíveis no site www.bossacriativa.art.br

Informações sobre editais e outros programas da Funarte www.funarte.gov.br

Mais informações para a imprensa

Projetos UFRJ – Funarte: imprensa@musica.ufrj.br

Assessoria de Comunicação da Funarte: ascomfunarte@funarte.gov.br


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp