jornal XIS da Questão Publicidade 728x90
30/12/2022 às 13h45min - Atualizada em 04/01/2023 às 02h00min

Lateral brasileiro do Tottenham opina sobre participação do Brasil na Copa do Qatar

Muitos jornalistas e alguns ex-jogadores se pronunciaram sendo contrários ao esquema e as mudanças feitas pelo treinador durante o jogo.

SALA DA NOTÍCIA Erre Soares

A seleção brasileira foi eliminada da Copa do Mundo pela Croácia, que venceu nos pênaltis a partida válida pelas quartas de final do mundial. A própria Croácia também já foi eliminada ao perder a semifinal para a Argentina. Depois da saída do Brasil, muitas críticas foram direcionadas ao grupo, sobretudo ao técnico Tite.

Muitos jornalistas e alguns ex-jogadores se pronunciaram sendo contrários ao esquema e as mudanças feitas pelo treinador durante o jogo. Quem também já se manifestou dando sua opinião sobre a participação da seleção na copa foi o lateral direito brasileiro Émerson Royal, do Tottenham.

Para ele, o desempenho inicial do time foi bom. "O jogo contra a Croácia foi atípico, equilibrado e com os adversários vindo com uma proposta muito boa que era de quebrar o ritmo do Brasil. Isso porque sabia da qualidade individual que tem a nossa seleção. E isso conseguiu esfriar o nosso time", comentou.

Ainda conforme Royal, por saber da qualidade já mencionada do Brasil, a eliminação deixou um gosto amargo. No ver do jogador, uma competição dessa não permite descuidos e um time pode perder ou ganhar em detalhes, por mais mínimos que possam ser.

"Conseguimos o gol, mas tivemos um descuido. Desde quando passei pela seleção que esse ponto de posicionamento vem sendo trabalhado pela comissão técnica. Mas tivemos um descuido. Em uma Copa do Mundo todo jogo é difícil e qualquer detalhe errado pode ser fatal. Tanto que aconteceu, fomos pros pênaltis e eles foram melhores", comentou.

"Acredito que isso serve de aprendizado. Não é bom aprender com eliminação, mas que sirva de aprendizado, porque eu acredito que nessa copa o Brasil estava muito próximo de ganhar. O caminho era um dos melhores da seleção em mundiais e por isso fica aquele gostinho amargo de que poderíamos ter ido mais longe. A gente sempre quer ganhar e acredita na vitória. Sabíamos da dificuldade da Copa do Mundo, mas o Brasil tem time tinha para ganhar essa", emendou


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
jornal XIS da Questão Publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp