04/03/2016 às 20h57min - Atualizada em 04/03/2016 às 20h57min

Lula teria recebido mais de R$ 30 milhões de sua empresa de palestras e Instituto Lula

ALETHEA - O Ministério Público Federal investiga o recebimento, pelo ex-presidente Lula, de R$ 30 milhões em doações e pagamentos. Um dos caminhos do dinheiro passa pelo Instituto Lula, que teria recebido de empreteiras e construtoras cerca de R$ 20 milhões. A LILS, empresa que agencia palestras do ex-presidente, teria recebido outros R$ 10 milhões. De acordo com a Polícia Federal e o Ministério Público Federal,47% dos recursos recebidos pela LILS Palestras, entre 2011 e 2014, vieram de empreiteiras envolvidas na Lava Jato, as construtoras Camargo Corrêa, Odebrecht, UTC, OAS, Queiroz Galvão e Andrade Gutierrez. O Ministério Público investiga, inclusive, se estas palestras ocorreram de fato. Há, de acordo com as investigações, "confusão operacional" entre o Instituto Lula e a LILS Palestras. Cerca de60% dos recursos do Instituto Lula vieram das mesmas empresas que contrataram palestras pela LILS. A Polícia Federal estima que cerca de R$ 1 milhão foram transferidos do Instituto Lula para a G4, empresa de um dos filhos do ex-presidente, Fábio Luís, sem que se saiba quais serviços foram prestados. Entre outras suspeitas ainda a serem confirmadas pela Polícia Federal estão: - Otriplex no Guarujá, suareforma e a compra de móveis, no valor de R$ 1 milhão, que teriam sido pagos pela OAS; - O sítio em Atibaia, em nome de terceiros, teria custado R$ 1,5 milhão; - Crimes da Lava Jato teriam financiado campanhas eleitorais do PT e PMDB. - A OAS teria pagado R$ 1,3 milhão para guardar itens retirados do Palácio Planalto quando Lula terminou o mandato. A Polícia Federal investiga, inclusive, se há bens que pertencem à Presidência da República (e não a Lula) entre os ítens guardados.
triplex

triplex


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp