07/04/2016 às 15h39min - Atualizada em 07/04/2016 às 15h39min

Secretária de Saúde recusa carreta da mamografia

SAÚDE PERUÍBE - Uma infeliz atitude, a secretária de saúde, Sra. Michelle Luis Santos, impede que diversas mulheres realizem a mamografia gratuita sem pedido médico. Por Sidney Cley As mulheres de Peruíbe foram lamentavelmente impedidas de realizarem sem burocracia e de forma rápida o exame de mamografia. O benefício é garantido pelo “Mulheres de Peito”, programa pioneiro do Governo do Estado de São Paulo que visa a detecção precoce do câncer de mama. A presidente do Instituto Amigas do Peito de Peruíbe, Socorro Mendonça nos conta que conseguiu a visita da carreta da mamografia através do Ofício encaminhado pelo deputado estadual Jorge Caruso (PMDB) ao Secretário David Uip. O pedido foi atendido prontamente mas, ao iniciar os procedimentos, a Coordenadoria recebeu como resposta do gabinete da secretária de saúde, Sra. Michelle Luis Santos, a informação “de que a cidade adquiriu recentemente um mamógrafo... portanto não há demanda reprimida”. Foi formada uma comissão do COMMULHER (Conselho Municipal da Mulher), para audiência com a prefeita Ana Maria Preto, nesta reunião foi pontuada algumas reivindicações dos Direitos das Mulheres e na ocasião Socorro Mendonça entregou o e-mail sobre o Ofício da carreta da mamografia e ressaltou a importância do serviço para as mulheres do município, mas, infelizmente a comissão não conseguiu sensibilizar a secretária de saúde e nem tão pouco a prefeita municipal. Como a instalação do mamógrafo do município pode sofrer atrasos, Socorro Mendonça, ressaltou para a prefeita a importância do trabalho preventivo no combate ao câncer de mama e destaca que desde julho de 2012 o município não oferece o serviço. Cidades que possuem mamógrafo próprio também usam o serviço da carreta, como São Caetano, Praia Grande, e Mongaguá. “Mas Peruíbe disse não para a carreta da mamografia, a secretária disse não para as mulheres de Peruíbe” comenta Socorro.
“O câncer é uma doença curável, desde que diagnosticada precocemente e tratada corretamente. A carreta é parte de um importante trabalho de prevenção. E no mesmo local da mamografia, se houver necessidade, depois do laudo já é feito a ultrassonografia. E se houver necessidade, já é feita punção para a biopsia, e no caso de uma confirmação da necessidade de tratamento, a paciente já é encaminhada ao tratamento” esclarece Socorro Mendonça.
Até o fechamento desta edição não houve retorno por parte da secretária de Saúde.
carreta01-800

carreta01-800

e-mail-web

e-mail-web

                      E-mail informando que a Prefeitura recusou a carreta da mamografia.  
Estrutura da carreta:
• Estrutura - Uma carreta do Programa Mulheres de Peito, da Secretaria Estadual de Saúde, realiza os exames junto à população. As mulheres entre 50 e 69 anos realizam o exame sem pedido médico, as demais só realizam se estiverem com o pedido. Além de mamógrafo, as carretas são equipadas com aparelho de ultrassom, conversor de imagens analógicas em digitais, impressoras, antena de satélite, computadores, mobiliários e sanitários. Contam com uma equipe multidisciplinar composta por técnicos em radiologia, profissionais de enfermagem, funcionários administrativos e um médico ultrassonografista. • O exame - Nas unidades móveis, as mulheres podem fazer exames de mamografia de segunda à sexta-feira, das 9h às 20h, e aos sábados, das 9h às 13h. As imagens captadas pelos mamógrafos são encaminhadas para o Serviço Estadual de Diagnóstico por Imagem (Sedi), serviço da Secretaria da Saúde que emite laudos à distância, na capital paulista. O resultado fica pronto em até 48 horas após a realização do procedimento. Para as mulheres entre 50 e 69 anos de idade, não há necessidade de pedido médico de mamografia para a realização do exame nas unidades móveis. Pacientes fora dessa faixa etária também poderão realizar os exames, mas desde que tenham em mãos um pedido médico, que pode ter sido emitido tanto pela rede pública quanto particular.  
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp